Sign In

Seminário de Fiscalização de Contratos

A Empresa Publicado em 10/11/2021

​A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), por meio da Diretoria de Operação e de sua Superintendência de Gestão da Manutenção do Sistema realizou, de 3 a 5 de novembro, o Seminário de Fiscalização Técnica de Contratos, voltado para profissionais que atuam na fiscalização dos contratos.

 

O objetivo foi fornecer informações conceituais básicas e orientações práticas aos participantes sobre os projetos básicos dos contratos, normativos e outras referências que sirvam de orientação para a rotina de uma equipe de fiscalização.


Realizado virtualmente, o evento reuniu mais de 250 participantes, entre profissionais de toda a Chesf, no Nordeste, e de empresas prestadoras de serviço. “O conhecimento compartilhado durante o seminário permitirá às equipes mais domínio cotidiano sobre os processos de fiscalização das empresas contratadas pela Chesf”, afirmou Ezequiel Amorim, gerente da área de Manutenção de Linhas de Transmissão.

 

Os palestrantes da Chesf, das áreas de Manutenção da Geração e Transmissão, Administração de Contratos, Segurança e Saúde do Trabalho e de Ética e Direitos Humanos, apresentaram trabalhos sobre variados temas, tais como Princípios e Práticas de Fiscalização de Contratos; Medição de Serviços; Controle de Qualidade dos Serviços Realizados; Regularização Contábil, Segurança do Trabalho e Ética e Direitos Humanos em Contratos”, dentre outros.

 

O papel das equipes de fiscalização técnica dos contratos é fundamental para que os objetivos de qualidade dos serviços, segurança de sua realização e cumprimento de prazos sejam alcançados, e este seminário se apresenta como um fator determinante para a sua capacitação.

 

“A partir dos serviços concluídos, os ativos objetos dos contratos fiscalizados atingirão um novo patamar de confiabilidade, com esperada redução de custos de sua manutenção e aumento da sua disponibilidade operacional, e assim se poderá mitigar riscos referentes à desconto de Parcela Variável (PV) e outros impactos financeiros indesejáveis, proporcionando também a remuneração associada a esses ativos,” destacou Leonardo Heredia, superintendente de Manutenção,  como  impacto de um seminário como este para o negócio da Empresa.


Foto: André Schuler