Sign In

Transformação digital na Manutenção

Sistema Chesf Publicado em 16/04/2021

Dentro da estratégia de transformação digital da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), uma das áreas com grande potencial de inovação é a operação e manutenção dos ativos empresariais. No último 9 de abril, a Diretoria de Operação lançou o Centro de Manutenção, que contempla sala com tecnologia para avaliação de dados, aplicação de Business Inteligence (BI) e uso de sistema desenvolvido para integrar diversos dados técnicos, visando reduzir custos e ampliar a efetividade das ações desenvolvidas pela área.  Realizado via plataforma Teams, participaram do evento o diretor de Operação, João Henrique Franklin, todos os superintendentes dessa diretoria, além dos gerentes regionais e equipes técnicas envolvidas.

“Os desafios de modernização e de automação têm sido cada vez mais importantes para área de Operação e Manutenção. Estamos com um plano de melhoria substancial, e o objetivo é entregar o melhor serviço para a sociedade, beneficiada diretamente ao receber mais energia com qualidade e eficiência. É a Chesf antecipando o futuro”, afirmou o diretor.

O Centro de Manutenção é mais que um espaço físico, embora tenha uma sala específica, funciona a partir da leitura de software, desenvolvido pela própria Chesf, que faz uma leitura dos equipamentos e suas características técnicas – geradores, linhas de transmissão, transformadores, entre outros –, além de extrair dados operacionais em tempo real, fazendo um cruzamento com informações regulatórias e financeiras.

“Para a priorização da manutenção, ter todas essas informações em mãos é essencial, pois, dessa maneira, conseguimos decidir quais são os equipamentos que precisamos dar maior atenção, agindo preventivamente e evitando falhas operacionais”, explicou o superintendente de Manutenção, Leonardo Heredia.

Com a implantação do Centro, a Chesf pode melhorar seu planejamento da manutenção, focando nos ativos prioritários, aumentando a confiabilidade do Sistema Interligado Nacional (SIN) e, consequentemente, prestando um melhor serviço para a sociedade.

“Desenvolvemos uma infraestrutura de softwares, com ferramentas livres como o Python, por exemplo, que possibilitam a integração, consolidação e análise de dados podendo, agora, cruzar dados técnicos, regulatórios, financeiros e estratégicos e, assim, criar relatórios, gráficos e automações de forma ágil, confiável e escalável”, detalhou o gerente da área, Thiago Bonifácio.
A Chesf é uma das maiores empresas de geração e transmissão de energia elétrica do País e tem a maioria de suas instalações na Região Nordeste.

Foto: Thiago Bonifácio