Sign In

Segurança em faixas de servidão

Sistema Chesf Publicado em 04/03/2021

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) mantém o compromisso periódico de garantir a eficiência de seus equipamentos e instalações. Uma das ações consiste em limpar e controlar a vegetação existente na faixa de servidão das Linhas de Transmissão.

Esse é um trabalho periódico que varia a depender do porte da vegetação sob as linhas e das licenças de operação. “Esse porte da vegetação é definido para limpeza ou não, a partir das inspeções em campo e, com isso, é realizada toda programação de limpeza e controle da vegetação”, explicou o engenheiro eletricista Narion Ranieri, da área de Manutenção de Linhas de Transmissão da Companhia.

Após planejamento e programação definidos, é realizada a contratação de empresa responsável por todo o serviço de roço sob as linhas de transmissão, que é executado com três objetivos: manter a distância de segurança estabelecida no projeto da linha de transmissão, mitigar riscos de queimadas sob os ativos Chesf, e viabilizar a limpeza dos acessos e praças às torres de transmissão. A Chesf é responsável pela coordenação e fiscalização desses trabalhos.

Hoje, a Empresa é fiscalizada e controlada, mês a mês, por dois processos de monitoramento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel): o GGT – um sistema de Gestão Geoespacializada da Transmissão – e o Plano de Resultados pactuados com a Agência Reguladora para diminuir a quantidade de desligamentos por queimadas em áreas de faixa de servidão.

“Precisamos atender a esses processos de maneira a mitigar os riscos, diminuir as ocorrências por queimadas e, assim, manter uma confiabilidade desejável e uma transmissão de energia mais eficiente”, ressaltou Narion Ranieri.



Roça_FaixaDeServidão3.jpg

Roça_FaixaDeServidão4.jpg

Roça_FaixaDeServidão2.jpg

Fotos: João Almeida (capa) e Jarlam Temóteo