Sign In

Chesf adquire participação no Complexo Pindaí

A Empresa Publicado em 28/01/2021

O Complexo Eólico Pindaí I, II e III, localizado na Bahia, com 110 MW de capacidade instalada de geração, teve a participação acionária da Sequóia LTDA adquirida pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). A assinatura do contrato de compra e venda aconteceu na terça-feira (26), na sede da Chesf, no Recife.
 
O próximo passo será iniciar a incorporação do Complexo para serem ativos da Chesf, como já são os parques eólicos de Casa Nova e as hidrelétricas, que compõem a geração da Companhia. A Chesf tem potência instalada total de 10.350 MW.
 
“Tem um grande valor simbólico essa compra, pois a Chesf mostra que está investindo, em especial em energia eólica, ampliando nossos ativos eólicos. Sinalizamos a retomada na expansão da geração em áreas como a eólica e solar, que representam o futuro”, disse o presidente da Chesf, Fábio Alves.
 
O diretor Econômico-Financeiro, Jenner Guimarães, avaliou a importância dessa compra, por parte da Chesf. “Após a incorporação desses ativos pela Chesf, reduziremos custos em virtude da sinergia e teremos um acréscimo de receita na ordem de R$ 83 milhões por ano”, declarou.
 
O diretor de Engenharia e Construção, Roberto Pordeus, lembrou o desafio que foi esse projeto, localizado nos municípios de Pindaí e de Caetité, ambos na Bahia, e que entraram em operação em 2020, ressaltando que o empreendimento tem um grande valor para o sudoeste da Bahia e todo o País.
 
O presidente da empresa Sequoia Capital LTDA, Sérgio Attiê, afirmou que a empresa vende sua participação, mas permanece no mercado de energia limpa e renovável.

Assista ao vídeo sobre o assunto na TV Chesf.

Aquisição_Pindai2.jpg


Aquisição_Pindai3.jpg

Aquisição_Pindai4.jpg

Fotos: Tatiana Learth