Sign In

Colônias de Vespas são removidas em segurança

Sistema Chesf Publicado em 09/09/2020

Colônias de vespas foram retiradas de uma área onde a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) está construindo a linha de transmissão, em 230kV, com extensão de 72km, que interligará as subestações Mossoró II e Açu II, no Rio Grande do Norte. As vespas foram levadas a um local seguro para elas e longe dos trabalhadores e da população do entorno do empreendimento.

A remoção foi feita pela empresa contratada da Chesf para a gestão ambiental da obra, a Ambiex, em parceira com apicultor local. As colônias foram removidas sem ocasionar nenhum dano aos insetos e ao meio ambiente, garantindo a segurança dos trabalhadores e a preservação da espécie. O apicultor encaminhou para um lugar mais distante da área das obras.

A remoção de vespas pode ser muito perigosa. Os indivíduos dentro do ninho, quando se sentem ameaçados, muitas vezes ficam agressivos. Para remover esses insetos, é necessário fazer um tratamento adequado. Por isso é importante o auxílio de profissionais especializados, nesse caso, um apicultor.

As vespas, sendo predadores naturais, são essenciais para manter o equilíbrio entre as espécies que compõem o ecossistema. Dessa forma, alguns insetos ou parasitas são impedidos por elas de proliferar excessivamente. Atualmente, sabe-se também que as vespas têm um impacto positivo no controle natural de pragas em campos agrícolas.

Foto: Ambiex