Sign In

Chesf apoia "Agosto Lilás"

Sustentabilidade Publicado em 04/08/2020

Em agosto a Lei Maria da Penha, de 2006, faz aniversário e o tema da violência contra a mulher é uma necessidade ainda urgente de ser discutido e visibilizado. É por isso que foi criada a campanha Agosto Lilás, que defende, desde 2017, os direitos da mulher em situação de violência. O Brasil ocupa o 5º lugar, no mundo, no ranking de violência doméstica e enquanto isso acontecer, o debate deve permanecer em pauta.

Este ano, diante do desequilíbrio social desencadeado pela pandemia mundial do Coronavírus, os impactos refletem, dentre outros fatores, no agravamento do cenário de violência contra as mulheres. A Chesf coloca prioridade para as ações de combate às agressões, especialmente em um contexto como esse. A Empresa entende a necessidade de estabelecer políticas e diretrizes cada vez mais eficientes para promoção do respeito e dignidade e para a prevenção e enfrentamento de violências contra as mulheres.

A Chesf não aceita qualquer tipo de violência. Todos nós devemos trabalhar no sentido de incentivar a proteção, o diálogo, e, muito importante, fazer a denúncia sempre que uma mulher for vítima de qualquer tipo de agressão. A Empresa possui mecanismos de combate às práticas de desigualdade, discriminação de gênero, assédio moral e outras violências.

Violência contra a mulher não tem desculpas. Tem consequências!