Sign In

Bahia é destaque em projetos socioambientais

Sustentabilidade Publicado em 02/12/2022

Durante a realização o 1º Workshop dos Projetos Selecionados no Edital de Projetos Socioambientais das Empresas Eletrobras 2021, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Eletrobras Chesf) levou as ações desenvolvidas no estado da Bahia. O encontro teve o objetivo de apresentar os resultados obtidos pelos projetos em andamento até o momento, trocar experiências e fomentar a criação de uma rede, a partir da identificação de interesses comuns entre as iniciativas.

A Eletrobras Chesf participou com a apresentação dos projetos "Semeando Resiliência no Território Chapada Diamantina: Implantação de Núcleos Agroecológicos de Restauração Ambiental" e "Conservação e Desenvolvimento para o Entorno de Áreas Protegidas da Caatinga: Comunidades da Zona de Amortecimento do Parque Estadual das Sete Passagens", ambos no estado da Bahia. Juntos, estão beneficiando centenas de moradores de comunidades rurais, com ações voltadas para o desenvolvimento sustentável dos territórios, melhoria da qualidade de vida, educação e preservação ambiental.

O evento online contou com a participação dos gestores dos projetos, das instituições executoras e de colaboradores das empresas Eletrobras.

Alinhados às Políticas de Responsabilidade Social, Ambiental e de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, os projetos contribuem para a segurança alimentar, geração de renda, conservação da biodiversidade e fortalecem a relação com as comunidades atendidas.

Os dez projetos apresentados no workshop foram aprovados em 2021, por meio de edital de seleção pública que contou com 180 iniciativas inscritas. A análise foi realizada por profissionais das áreas de Responsabilidade Social e Meio Ambiente das empresas Eletrobras. Os projetos foram avaliados seguindo uma matriz que pontuava indicadores como participação social, potencial de impacto, alinhamento institucional, viabilidade, sustentabilidade, qualificação da entidade, índice de Desenvolvimento Humano dos municípios beneficiados e áreas prioritárias para conservação.


Foto: arquivo Chesf